Organograma e Fluxograma da Marmoraria
4.9 (97.78%) 9 vote[s]

Fluxograma e Organograma da Marmoraria

Veja abaixo um exemplo de área física para a produção da marmoraria.

Matéria Prima

A posição da matéria prima dentro da produção de uma marmoraria é fundamental para a agilidade operacional e fluxograma. Isso é um FATO!

Note que a matéria prima está localizada na entrada/fundo do galpão e sua função é exatamente essa, dar velocidade ao descarregamento e ao próximo passo da produção. “matéria prima  + o setor de corte”

E SIM! Uma ponte rolante cobrindo toda essa extensão de área da matéria prima e área de corte da marmoraria também dará velocidade e organização ao fluxograma, este equipamento certamente será um investimento com um grande custo x beneficio para a sua empresa.

Por outro lado, para empresas que estão iniciando no ramo e desejam investir um valor mais baixo a Maqfort também oferece porticos rolantes e guindastes giratórios fabricados sob medida para seu galpão.

Area de corte na marmoraria

O setor de corte deve estar posicionado logo após o estoque de matéria prima, em primeiro a serra industrial juntamente a um guindaste giratório de no minimo 500kg para movimentar as chapas até o carrinho da maquina e por assim dar inicio o processo de produção.

Uma dica:
Sempre Pense a longo prazo e estude o seu espaço físico para futuros maquinários e aumento de produção, acredite no seu crescimento e na evolução da sua empresa!

A Maqfort possui cinco modelos de cortadeiras com foco em alta produção para todos os seguimentos e carros chefes do mercado. cortes retos, 45°, cortes circulares ou ovais e até boleados em chapas de 3m para alta produção de túmulos.  Dê uma espiadinha aqui e veja qual ira te atender melhor.

Area de acabamento na marmoraria

Está é a área que requer muita atenção, pois o melhor fluxograma dependente do carro chefe da marmoraria ou do objetivo que o marmorista deseja alcançar.
O posicionamento da primeira máquina e o método de locomoção das peças do estoque de recorte, devem ser cuidadosamente analisados para atender com máxima eficiência e prontidão possível.

Por exemplo: uma marmoraria que possui em seu carro chefe pias e lavatórios, a sequencia de máquinas para abertura da boca de pia e o acabamento interno deverão estar logo apos a poliborda automática ou semi-automática, gerando assim uma produção linear com máxima produtividade.
Por outro lado, para marmorarias que possuem um nicho de mercado vasto a posição da boca de pia/ furadeira deverá estar ao lado da poliborda automática ou em uma posição que não atrapalhe o fluxo e locomoção das peças para a área de colagem e acabamento final.

Aqui você ira encontrar as melhores máquinas para o setor de acabamento.

Carregamento e descarregamento

O ideal para a marmoraria é uma área de transito para caminhões e carretas com pelo menos 2 vias distintas, uma para descarregar a matéria prima e outra para carregar o produto finalizado. Evitando assim um congestionamento de 2 ou mais caminhões com objetivos diferentes dentro da sua marmoraria.

Apos uma analise rápida do desenho ao lado é possível afirmar que os caminhões com destino a descarregar a matéria prima se deslocam de forma longitudinal para dentro do galpão. Diferente das carretas e caminhões com destino ao carregamento do produto final.

Na área de carregamento do seu produto final é possível criar uma “DOCA” no qual o caminhão ou carreta “entre” e sua caçamba fique no nível do solo, este processo ira agilizar o carregamento e a logística de posicionamento dos produtos.

As melhores máquinas para agilizar a produção e melhorar o fluxograma da Marmoraria

Poliborda Automática

Novos recursos de Meio boleado, 45° e pingadeira.

Máquina de cortar Granito e Mármore

Encabeçadeira e recursos unicos